A representatividade negra nas artes

A luta pela igualdade racial

Assista ao videojornalismo “A representatividade negra nas artes”

.

Cerca de 54% da população brasileira é negra e mesmo assim não há representatividade em vários setores do mercado de trabalho. Movimentos buscam minimizar esse cenário e trazem para a discussão o papel do negro nas artes. Há poucos negros em lugares de destaque e quase sempre são estereotipados em papéis como marginais, escravos e trabalhadores domésticos.

A cultura negra é menosprezada na sociedade brasileira, na maioria das vezes apenas retratam e reforçam a escravidão e deixam de contar as histórias africanas. O ator Babu Santana, que participou do reality Big Brother Brasil 2020, da Rede Globo, aproveitou o espaço midiático da atração e deu uma aula sobre história, racismo e privilégios.

A discussão que todas as vidas importam e que vidas negras importam tem crescido bastante e a arte também é um espaço para gerar reflexão. O videojornalismo traz esse olhar de quem passa todos os dias por preconceito e continua na busca por reconhecimento e bons personagens.

Greicy Kelly Gomes – 5º Período | Jornalismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s