A 5ª edição do Rio Webfest celebrou o audiovisual e as novas mídias da internet

Festival foi marcado pela presença de convidados internacionais e profissionais do mercado de webséries

Durante os dias 15 a 18 de novembro, ocorreu, na Cidade das Artes, a maior celebração internacional de webséries no Brasil, o Rio Webfest— pioneiro no incentivo à formação de conteúdo voltado para a internet. A interatividade entre o público e os especialistas da área a partir de painéis, masterclasses, workshops e pitchings foi um dos destaques do evento, que também contou com a exibição e premiação de produções do mundo inteiro.

Ao longo das cinco edições é possível ver um crescimento do festival. Para Daniel Archangelo, fundador do Rio Webfest, o grande êxito desse tipo de encontro está no fomento de mercado e desenvolvimento da linguagem. “Tem uma gama de pessoas que deixou de ver representação efetiva nos meios de comunicação tradicionais. Esse público escolheu a web para divulgar uma nova forma de conteúdo que se comunicava com o nicho, dialogava diretamente com a individualidade de cada pessoa”, comenta.

Fundador do Rio Webfest Daniel Archangelo – Foto: Lucas Souza

Além disso, Daniel revela que o objetivo é também juntar os criadores de webséries para que possam conseguir um espaço maior no mercado. “O festival vem para reunir quem cria e assiste conteúdo e que o mercado entre cada vez mais e que todos consigam oportunidades para monetizar e melhorar seus produtos”.

Nessa edição, as novidades ficaram por conta da programação e com a participação de webséries universitárias, uma parceria com a Universidade Veiga de Almeida. O fundador do evento enalteceu que o Rio Webfest é inclusivo e quanto mais atividade, mais criadores consegue trazer, ressaltando a necessidade de trazer os alunos, que são consumidores, para conhecer as estruturas do audiovisual da internet.

O público também destacou a importância do festival. Segundo o produtor de conteúdo Lucas de Araújo, o principal atrativo é poder conhecer criadores do mundo todo. “Aqui no Rio Webfest a gente tem oportunidade de conhecer gente dos Estados Unidos, da Europa e do Brasil também, que estão trabalhando. Além disso, é fomentar o audiovisual, porque muita gente que está aqui faz milagre com muito pouco”, afirma.

Lucas Ribeiro – 2° Período | Jornalismo

Colaboração: Lucas Souza – 2° Período | Jornalismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s