2° Seminário de Comunicação, Gênero e Sexualidade discute questões LGBTQI+

Bate-papo é resultado do Projeto de Iniciação Científica (PIC), do curso de Jornalismo, da UVA Barra

Universidade, um lugar para todos. É com foco na diversidade que a Universidade Veiga de Almeida (UVA), campus Barra, recebeu os alunos de Jornalismo e Publicidade, na última quinta-feira (10), para o Seminário “Comunicação, Gênero e Sexualidade”. O encontro mediado pelo professor e orientador do PIC, com mesmo tema, Eduardo Bianchi abordou pontos relacionados a temática LGBTQI+ e as barreiras da sociedade vigente em torno da diversidade de gênero e orientação sexual. A conversa contou com a presença da roteirista Sandra Pereira, o sociólogo Victor Pimenta, os jornalistas Erick Rianelli e Guilherme Guagliardi.

Seminários promove conversa sobre diversidade de gênero e orientação sexual – Foto: Luma Keily

A forma como se deve evitar e lutar contra o preconceito nos mais variados espaços foi discutida. O professor e pesquisador da área Eduardo Bianchi falou sobre o lugar de fala como espaço social, orientando os alunos a esse assunto. “Lugar de fala não é exclusividade e sim, de efetividade, se colocando no lugar do outro, dando voz a um grupo mesmo não pertencendo a ele”, conta.

O cinema e audiovisual no meio LGBTQI+ foi bastante discutido ao longo da palestra. Sandra Pereira, especialista em transgênero e transexualidade no cinema documentário, e roteirista do longa “Diga meu nome”, ressaltou a falta de representatividade feminina e dos negros nesse segmento. “Comecei a perceber que as mulheres e a população negra eram tratados como invisíveis no cinema”, disse.

O jornalista e egresso da UVA Guilherme Guagliardi bateu na tecla da ineficácia das estatísticas de ataques físicos e homicídios por motivos machistas e homofóbicos. “Não temos políticas públicas eficientes. As estatísticas, por exemplo, não conseguem ter o controle ideal sobre os números, com certeza os dados são muito mais elevados”, comenta.

Guilherme Guagliardi trouxe as análises de videoclipes com a temática trans e quais as mensagens que eles desejam passar – Foto: Luma Keily

O seminário surgiu do Projeto de Iniciação Científica sobre “Comunicação, Gênero e Sexualidade” – desenvolvido pelos alunos Rafaela Barbosa, Junior Almeida, Gabrielle Lopes e Natalie Chaves – permitiu que os estudantes presentes no encontro refletissem sobre a discussão. O aluno de Publicidade Eduardo Braga, 2° período, destaca a importância do diálogo dentro da Universidade. “É primordial, basicamente pelo fato de vivermos em uma sociedade machista, que não tem pontos de igualdade entre homens e mulheres”.

Confira um trecho das entrevistas realizadas com os orientandos do PIC Júnior Almeida e Gabrielle Lopes; com o jornalista Erick Rianelli; e com o diretor do time Lendários Vitor Pimenta:

.

Lucas Ribeiro – 2º Período | Jornalismo

Colaboração: Ana Carolina Fernandes – 4º Período | Jornalismo e Anna Clara Motta – 1º Período | Jornalismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s