AGÊNCIA UVA BARRA ASSISTIU: “Podres de Ricos”

Foto: Divulgação

Imagina um romance de contos de fadas. Agora adiciona um grupo de asiáticos bilionários da alta sociedade de Singapura, muita fofoca, parentes esnobes, uma sogra preconceituosa e uma mocinha que cai de paraquedas em meio a isso, sem a menor ideia do que está acontecendo. Essa é a premissa por trás de “Podres de Ricos” – filme que traz na bagagem aquilo que todo amante de comédia romântica adora: amor, diversão e uma pitada de confusão.

Quando Rachel Chu (Constance Wu) – professora universitária – aceita viajar com seu namorado, Nick Young (Henry Golding), para celebrar um casamento e finalmente conhecer sua família, ela deixa a expectativa tomar conta. Nick só esqueceu de avisar que é parte da família mais importante de Singapura e herdeiro multimilionário – o que faz a origem simples de Rachel transformá-la em uma interesseira aos olhos de todos, inclusive da pessoa a quem ela mais queria agradar: Eleanor Young (Michelle Yeoh), mãe de Nick.
Adaptação do Best-Seller do autor Kevin Kwan, “Podres de Ricos” é um sopro de ar fresco na indústria Hollywoodiana. Com locação e elenco inteiramente asiáticos, a incorporação da língua chinesa durante o longa e uma trilha sonora com direito a uma versão chinesa de Yellow da banda britânica Coldplay, o filme foi capaz de acentuar a cultura oriental sem perder o foco da história e virar um “chama turista” – embora tenha dado uma vontade imensa de conhecer Singapura após assistir.
Os elementos clássicos do gênero ganham novos significados e a história é trabalhada de forma leve, porém buscando profundidade: existe a abordagem de questões como xenofobia, hierarquização de classes e até mesmo um cenário de empoderamento, onde a mulher detém o maior poder aquisitivo no relacionamento e como isso afeta o casal. Outro ponto positivo é o aproveitamento dos personagens secundários. Há ainda a beleza de cenas como a do casamento e a carga sentimental do acerto de contas entre Rachel e Eleanor. Para os fãs do gênero, é difícil não se emocionar.
Alguns elementos ganharam certa atenção, mas não foram explicados – como o jogo de tabuleiro. Algumas pessoas podem ficar um tanto perdidas nessa parte. Pontas soltas aqui e ali, e o aparecimento silencioso do ator Harry Shum Jr. na cena pós créditos provavelmente serão resolvidos na sequência que já foi confirmada!
“Podres de Ricos” chega ao Brasil nesta quinta-feira (25), mas já tem uma boa repercussão nas bilheterias americanas, já que o longa estreou em agosto por lá.

Julia Morais – 6° período

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s