AGÊNCIA UVA BARRA ASSISTIU: “Uma noite de 12 anos”

uma noite de 12 anos
Foto: Divulgação

“Uma Noite de 12 Anos” é um drama que conta a trajetória de três presos políticos da ditadura uruguaia e que viraram reféns do governo. Privados de direitos básicos, José Alberto Mujica “Pepe” (Antonio de la Torre), ex-presidente do Uruguai; Mauricio Rosencof “Ruso” (Chino Darin), jornalista e escritor; e Eleutério Fernandez “El Ñato” (Alfonso Tort), ex-ministro da Defesa Nacional, enfrentam uma saga pela sobrevivência em um dos períodos mais sombrios da história latino-americana.

A ditadura militar no Uruguai começou no ano de 1973, após uma longa crise financeira e política que o país enfrentou na década de 60. O filme começa exatamente no momento em que Mujica, Rosencof e Fernandez passam a ser reféns, sob a ameaça de serem executados caso alguns pedidos dos militares não fossem atendidos. A partir deste momento os reféns passam a conviver com uma realidade de torturas, maus tratos e ausência de direitos humanos.

O roteiro e a direção de Álvaro Brechner apostam no silêncio e em sequências que aguçam a sensibilidade do espectador. A trilha sonora complementa as imagens cruas e realistas que aparecem na tela. Além do drama vivido pelos presos, acompanhamos ainda as dores que suas famílias enfrentam. O destaque fica para a mãe de Pepe, que comove com sua luta até mesmo quando o filho pensa em desistir.

O trio protagonista torna a produção mais comovente e impactante. Os três atores se entregam a seus personagens de maneira visceral, em uma interpretação que sai do campo emocional e alcança o físico. Não existem atores em cena, mas sim pessoas com emoções, fragilidades e histórias para contar. O trabalho de composição dos personagens possui nível de excelência.

Em tempos de extremos esta obra serve como um alerta das mazelas que um regime ditatorial pode causar na sociedade. Com um forte contexto histórico apresentado, o filme cumpre com o seu papel de entreter sem se tornar didático ou mecânico. As duas horas de imagens podem soar arrastadas, mas casam perfeitamente com o conteúdo apresentado.

Junior Almeida – 3º período

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s