Inclusão das mulheres nas tarefas destinadas a homens

Igualdade na capacidade para as mulheres

IMG_20180906_153910
Foto: Jamille Ribeiro

Aprender a ser independente é inovador. Na tarde desta quinta-feira, dia (06/09), aconteceu o workshop “Faça você mesma 2.0”, no Projeto Favela Hub, promovido pela Viva Rio, localizado em Ipanema, onde as participantes, foram convidadas através do site da iniciativa, Facebook e Instagram pelo Eduardo Figueiredo, mais conhecido como Edu, na qual se propôs a não somente ensinar, mas mostrar que nas mulheres existe a capacidade de realizar qualquer procedimento e sem a “dependência de terceiros”, onde ele relata: “ As mulheres podem fazer qualquer procedimento que geralmente os homens realizam com mais facilidade, priorizando a segurança em primeiro lugar”.

As atividades realizadas pelas integrantes foram orientadas e feitas com extrema segurança onde o Palestrante pode ensinar, mostrar e acompanhar desde pregar e retirar um prego com martelo até mesmo montar e desmontar a resistência de um chuveiro, com essas informações Tayná da Silva Sampaio, Cabelereira, argumenta: “Com as tarefas bem esclarecedoras, pude tirar diversas dúvidas, além de aprender ter mais cuidado ao realizar algum procedimento em minha casa”.

A inspiração dessa aula, veio através da vizinha do Eduardo que solicitou ajuda para montar a resistência de um chuveiro e ao invés dele realizar a tarefa, ensinou o processo a ser feito, onde menciona que: “ Falei a ela que não iria ajudá-la, mas ensinaria todo procedimento para que fizesse, pois quando precisasse novamente, iria fazer sozinha”, com esse incentivo a Tatiane Fiori, Estudante de Sistemas de Informação desabafa: “ Aprendi a ter independência principalmente dos homens, pois as vezes achamos que é difícil e realmente não é nada disso.”

O entendimento é perceber que ainda há muitas mulheres que ainda não sabem realizar determinadas funções, onde geralmente elas pagariam alguém para fazer o serviço, então foi feito o encontro para aprenderem a mexer nas ferramentas, exercer as atividades, aderir algo novo e ainda economizar do bolso o que seria pago e ainda ensinar outras mulheres a serem também independentes, finaliza o Palestrador.

Jamille Ribeiro – 4º período

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s