Uma viagem pelos contos, crônicas e poesias

Autor Hugo Magalhães lança segundo livro “Vem que te conto” para os amantes da leitura

WhatsApp Image 2018-05-14 at 11.39.28
Foto: Nayara Simões

A criatividade ganha um segundo título. O escritor Hugo Magalhães lançou, neste sábado (12/05), o livro “Vem que te conto” composto por contos, crônicas e poesias. Esta é a segunda obra do autor, que já escreveu “Poetamento”, produção que contém mais de vinte textos. O lançamento ocorreu no Rio Shopping e contou com a presença da ilustradora do livro, Sarahi Tan.

Neste evento, além dos leitores, os colegas de trabalho e alunos marcaram presença para prestigiar o também professor e coordenador do curso preparatório. Um dos estudantes, Lucas Monçores, afirma estar muito feliz por essa nova conquista do autor. “Ele é dedicado, um ótimo professor e pode-se dizer que abriu os meus olhos para a poesia, pois eu nunca tive esse interesse pela literatura brasileira anteriormente”.

WhatsApp Image 2018-05-14 at 11.39.27
Foto: Nayara Simões

Outra pessoa que teve o acesso à poesia por meio dele, é o professor de matemática, Leonardo Pinheiro, que conta que começou a se encantar pela área com o “Poetamento”, primeiro livro de poesias que leu. “Hoje eu vejo pessoas que vão levar esse livro para casa e, talvez, ter esse primeiro contato. Eu acho isso fantástico”.

Quem também esteve no local e admira o trabalho de Hugo, é Luciana Varella, licenciada em Letras, que acredita que, na atualidade, as pessoas estão perdendo o interesse em relação a essa escrita. “É um esculpir a língua em suas variadas formas e ele não tem medo de ensinar o que sabe. É uma pessoa simplesmente fantástica”.  Ela acrescenta que é impossível conhece-lo e criar algum sentimento ruim. “O astral dele não deixa”, afirma a colega de trabalho do autor.

Para o admirado autor escrever é um prazer afetivo e não monetário. “A literatura é libertadora. Faz o ser humano refletir, questionar e concluir”. Ele acredita que esse tipo de linguagem sempre foi muito distante da realidade nacional e, por isso, buscou alcançar todos os tipos de leitores com escrita simplificada. “Vem que te conto surgiu desta necessidade e espero que esse meu segundo livro faça com que as pessoas tenham o prazer de ler uma obra com o linguajar que a vida pede: leveza”, conclui.

Nayara Simões, 4º período

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s