Por trás da competição

Alunos e professores da UVA se preparam para Batalha de Robôs

IMG_9652.jpg
Foto: Sarah Izidim

Os últimos retoques nas engrenagens. É isso que os estudantes vêm preparando. Desde as competições entre robôs que aconteceram na Universidade Veiga de Almeida (UVA), do campus Barra, no dia 27 de setembro, e outra no dia 22 de novembro, alunos das disciplinas de Engenharia e Design Gráfico se preparam para o último passo. A Batalha Final, que aconteceu no dia 6 de dezembro, na Tijuca, e dia 7, no Campus Barra, reuniu as equipes com as melhores máquinas para uma série de provas.

Apesar dessa competição, a ideia principal não é fazer um projeto para terminar em destruição. De acordo com o professor de Design Gráfico e Administração, Antônio Carlindo, que também é coordenador do Projeto Robótica, o objetivo é que os estudantes se envolvam com as técnicas e o planejamento. “Eles constroem o robô e precisam pensar em cada detalhe. Desde a parte elétrica até o design e o nome”, comenta. No momento, o mundo passa pela quarta revolução industrial, por isso, ele destaca a importância de entender sobre robótica e inteligência artificial.

Além do conhecimento básico sobre eletrônicos e tecnologia, a disciplina de Laboratório de Criação estimula os jovens a utilizarem a criatividade na hora de criar um storytelling para compor o cenário. A responsável pelo desenvolvimento, Maiandra Carrijo Cianni, 20, que cursa Design Gráfico, explica que a narração da história dos personagens é fundamental para o público entender os elementos simbólicos. “Precisamos criar uma história que conte a jornada do herói. É um contexto que une o que está acontecendo no momento com o personagem”.

Isso é possível devido ao engajamento dos universitários, segundo a professora de Inovação e Criatividade para Engenharia, Carla da Costa. “Esse é o projeto em que os discentes mais ficam envolvidos, desde a primeira ideia no papel, até o momento da briga robótica”. Em classe, houve uma pequena competição com os grupos da sala, na qual cada um amarrava uma bola de gás no competidor e vencia o que estourasse mais. “Eles fizeram tudo de forma artesanal, até o controle remoto. Então, realmente torcem e ficam ansiosos para saber quem vai ser o vencedor”, enfatiza.

E a equipe campeã foi a do Bob Esponja, após ganharem do preferido do dia, Darth Vader. Matheus Costa, do 2º período de Engenharia, foi o escolhido para controlar o robô durante a competição. Ele assume que esse trabalho agregou muito na carreira. “Foi difícil conseguir acertar na fiação e tudo mais, porém, deu para ter uma noção do que vou fazer profissionalmente”, avalia. Por mais cansativo que tenha sido, eles admitem que foi uma experiência divertida e que esperam por mais projetos desse estilo. “Agora, é focar toda dedicação nas próximas batalhas para o ano que vem”, conclui.

Alunas: Giovanna Faria, Isabelle Amancio e Ana Carolina Marinho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s