Visita ao site do Globo Esporte leva para a prática alunos de Jornalismo

Futuros jornalistas conhecem a realidade por trás da produção de notícias de um grande veículo

O site do Globo Esporte abriu as portas da sua redação, na última sexta-feira, para mostrar um pouco da sua rotina. Os alunos da turma de Jornalismo Esportivo, do campus Barra, puderam ver na prática todo o trabalho por trás de um grande site de notícias, conhecer as diversas etapas do processo de produção, além de se divertir em uma pequena tour pelo local.

O professor de jornalismo esportivo da Universidade Veiga de Almeida, Sidney Garambone, responsável por esta experiência, realçou a importância de manter esse contato entre os universitários e os profissionais da área. “O aluno começa a ter uma noção do dia-a-dia e não é trabalhado apenas a teoria, só na faculdade. Você vê mesmo tudo funcionando”. O momento também foi ideal para os estudantes sanarem suas dúvidas, inclusive sobre como participar do processo seletivo para estágio.

Para Daniel Lessa, gerente de conteúdo que guiou a visita, não há forma melhor de aprendizado do que conhecer a vivência de uma redação. “Quando um aluno vai estagiar, ele se põe em movimento e acho que isso é o mais importante. O estudante começa a aprender e a conhecer pessoas”.  Ele também realçou a importância de saber o que pretende ser, já que, segundo ele, traçar um caminho em meio a tantas possibilidades que existem hoje em dia já é o primeiro passo.

IMG-20170515-WA0012.jpg
Foto: Tayane Fernandes

Durante a visita, os alunos puderam perceber essa quantidade de áreas e funções. Daniel Lessa apresentou diversas equipes. Cada uma realizando um trabalho diferente, mas essencial para o produto final. Algumas: home social, arte e infográfica, coordenação de especiais, Cartola, futebol internacional, esporte olímpico, entre outras. A estudante Julia Ferreira, de 19 anos, conta que ficou surpresa com tantas ramificações do processo. “Fiquei surpresa como cada área requer muitos detalhes e profissionais. Achei interessante como a maioria está ligada à outra.”

Além de conhecer a relação entre diferentes funções, os universitários também puderam estabelecer suas próprias ligações entre suas expectativas e a realidade, entre as teorias aprendidas e a prática de um trabalho que futuramente serão eles a desempenhar. Por outro lado, não são só os alunos se sentem gratificados. A empresa também se orgulha em proporcionar estas experiências e por ajudar na descoberta profissional. “Eu sempre tento abrir nossas portas, porque acho superimportante estar perto de vocês”, conclui Daniel Lessa.

Nailson Ribeiro, Tayane Fernandes – 5º Período 

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s