Os motivos que levam ao surgimento do cabelo branco

Entenda o que é e o que causa os fios grisalhos

O cabelo branco, também chamado de canície, é causado por uma alteração na produção de melanina, a substância que dá cor aos fios. Essa modificação pode ser causada pelo envelhecimento e costuma aparecer, normalmente, entre 35 e 45 anos para os indivíduos com a pele clara (também chamados de caucasianos), entre 45 e 55 para os orientais e após os 55 anos para os negros.

A assistente administrativa Lucimar Oliveira, de 53 anos, se encaixa nesse grupo. Segundo ela, seus primeiros cabelos brancos apareceram por volta dos 40 anos, mais ou menos na mesma idade em que sua mãe também começou a tê-los. “Eu acho que tá acompanhando uma genética, pela idade. Não acho que alterou por causa de algum problema emocional”, disse.

Entretanto, algumas pessoas podem ter o chamado cabelo branco precoce, quando os fios perdem a coloração mais cedo que o normal e o tabagismo e a genética estão entre as causas mais comuns. De acordo com a dermatologista especializada em cabelo Martha Hellena, apesar de os livros e os artigos enfatizarem o tabagismo como um fator importante para a aparição dos fios sem pigmento, não há estudos sobre o impacto da convivência diária com fumantes em indivíduos que não fumam. Porém, a médica acredita que esse contato ao longo dos anos causa influência no chamado tabagismo secundário. O estresse e alguns medicamentos (como cloroquina, hidroxicloroquina, bleomicina, remédios usados no lúpus, etc) também são um dos fatores que modificam a produção de melanina. A especialista falou sobre outros responsáveis pela falta de cor no cabelo. Ouça no áudio abaixo:

Juliana Líbano, freelancer em uma agência de marketing e publicidade e redatora de 28 anos, teve seu primeiro fio grisalho por volta dos  21, 22 anos. O motivo para o cabelo branco precoce é a genética que Juliana herdou da família paterna e, segundo ela, a avó  já tinha a cabeça toda branca aos 40 anos. No início, a redatora via a falta de pigmento como indicativo de velhice, porém, atualmente ela o enxerga apenas como uma forma de seu cabelo se apresentar e o acha bonito. “Hoje eu lido super bem  com os meus cabelos brancos e não tenho nenhuma vergonha ou problema. E eu até pinto o meu cabelo, mas não gosto de pintar a minha raiz, porque eu gosto de ver os meus cabelinhos brancos”, comentou.

A empreendedora Ana Rocha, de 44 anos, também adquiriu cabelos brancos precocemente pelo mesmo motivo que Juliana. Os primeiros surgiram quando tinha 25 anos para seu desagrado, pois pensava que estava ficando velha. O pensamento continua o mesmo, mas agora há o desejo de parar de pintá-los e assumir o grisalho quando tiver uma quantidade maior de fios sem pigmento. A filha da empreendedora, a estudante de design de animação Clara Rocha também recebeu essa herança familiar e nesse ano, aos 22 anos, notou seus primeiros cabelos sem coloração. A universitária comentou que os acha divertidos e que não possui um cuidado especial para eles, os trata da mesma forma que as mechas que ainda possuem melanina.

Enquanto o fio com melanina têm um pouco mais de luminosidade, de brilho e de maciez, o grisalho é um pouco mais seco, opaco, ondulado, difícil de pentear, grosso e resistente, a tendência é que o cabelo tenha um pouco mais de proteína. O motivo para algumas pessoas acharem que as mechas sem coloração possuem menos resistência é que elas, sobretudo as mulheres, notam o chamado alopecia. Essa condição apresenta vários tipos e a queda dos fios é o sintoma mais comum, já a alopecia senil e androgenética tem o afinamento do cabelo como ocorrência mais frequente. 

Por essas razões é recomendado a hidratação dos fios, usar produtos direcionados para cabelos secos/danificados e, caso opte pela pintura, aplicar tonalizantes ou tintas menos agressivas. Acaba não sendo um cuidado especial para com as mechas grisalhas, mas sim para com os fios em geral. Além disso, não é possível escapar da alteração precoce da produção de melanina quando o responsável por tal mudança é a genética. Entretanto, se os causadores forem fatores ambientais, é indicado evitar o contato: 

  •  (o cessar ou a redução do tabagismo,
  •  diminuir a exposição à radiação solar excessiva, 
  • à poluição etc). 

Além disso, ainda não há evidências científicas de que vitaminas e minerais ajudam na questão do cabelo branco.

Juliana Vilete – 4º período

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s