O preço da gasolina apresenta queda no Brasil

Dados mostram uma diminuição devido à redução de impostos

Segundo a Agência Nacional do Petróleo, no último mês houve um corte do valor da gasolina no Brasil. De acordo com o mesmo órgão, a baixa do preço ocorreu por meio de uma mistura entre a queda no mercado internacional e uma moderação de impostos forçados pelo governo federal. Já a Petrobras, no mês de setembro, relatou o quarto reajuste para a baixa do valor da gasolina desde meados de junho do mesmo ano.

A quantidade de venda às distribuidoras foi reduzida em 7,08%, de R$3,53 passou para R$3,28 por litro. Em menos de três meses, o combustível sofreu uma alteração de 19,2% na verba praticada nas refinarias, no pico da curva, o preço chegou a R$4,06 em 18 de junho.

Quem percebeu esse impacto foi Leonardo Pereira, motorista de aplicativo. A mudança teve um efeito na rotina do trabalhador. “No período em que a gasolina estava em uma crescente, ela acabou prejudicando os motoristas, pois, por mais que aumentasse, a Uber não repassava o lucro da forma com que não fosse tão pesado”, afirma.

O motorista Leonardo Pereira comenta as mudanças ocasionadas pela redução dos impostos.


O reajuste é capaz de influenciar na manutenção do carro. “Estava cada vez mais difícil rodar por uma duração maior, pois quanto mais tempo rodasse, mais desgastado o carro ficava”, comenta Leonardo.

Uma pesquisa do IPCA, Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, com o IBGE comparou a alta da gasolina com a inflação. Na metade de 2021 o combustível subiu 2,6 vezes mais do que a faixa no mesmo período, o que resultou no preço de R$ 8,99. O aumento da gasolina, na mesma época citada, subiu sem nenhuma demonstração que iria cair, até que, em 2022, o litro teve o preço de R$ 4,99.

O economista Antonio Cássio fala como a diminuição feita pela Petrobras vai influenciar na inflação, posteriormente no bolso do consumidor. “Qualquer tipo de índice é afetado diretamente, progressivamente e em cascata pela redução do custo do combustível“, disse.

Antonio Cássio explica a relação entre a gasolina e as diferentes formas de transportes.

Os processos econômicos ajudam a entender o valor que cai no bolso do brasileiro. “Se há uma redução dos combustíveis, automaticamente os preços finais da economia tendem a ser reduzidos”, conclui Cássio.

Leonardo Pereira – 2º período

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s