Agência UVA Barra Assistiu: Um Dia Qualquer

O projeto multiplataforma do diretor Pedro von Krüger, Um Dia Qualquer, teve a estreia pelo canal Space em formato de série, ainda no auge da pandemia, em 2020. A série que conseguiu liderança na audiência entre os canais de TV paga na cidade do Rio de Janeiro durante a época de lançamento, agora se prepara para chegar aos cinemas como um longa-metragem. A produção nacional expõe temáticas que ultrapassam a ficção e retratam a realidade de muitos cariocas que vivem sob uma verdadeira guerra civil entre a milícia e o tráfico de drogas.

Foto: Divulgação

Após o fim de semana de festas no carnaval, Penha (Mariana Nunes) nota o sumiço do filho mais velho e substitui qualquer sentimento de comemoração pela angústia de sentir que algo terrível  tenha acontecido. Suspeita do envolvimento da máfia comandada pelo ex-policial Quirino (Augusto Pereira) no desaparecimento, Penha reúne toda a coragem e vontade de fazer justiça numa investigação que coloca em risco a própria vida. Enquanto um jovem desaparece, os outros se reúnem sobre a vivência na realidade em que estão inseridos: o Projeto Quirino, campanha para a entrada do chefe da milícia na política do estado. Um Dia Qualquer expõe um pouco da verdade e experiência de quem lida com essa violência diariamente, onde sobreviver só mais um dia, às vezes, pode se tornar uma tarefa bem complicada.

O filme decide por não fazer uma crítica direta ao sistema, e sim, mostrar a influência do mesmo nas relações entre os personagens que vivem essa história. O abuso de poder da milícia em comunidades que não recebem tanta atenção de instituições públicas, aparece de modo nada sutil nas rotinas dos moradores da região, que precisam lidar com o controle que implica desde a forma de lazer até o funcionamento do transporte público, por exemplo.

A equipe de roteirização de Um Dia Qualquer (Pedro Von Krüger, Leonardo Gudel, Victor Ros e Bernardo Doutel) aceita e executa muito bem o desafio de construir uma narrativa que ocorra durante um dia inteiro. Sem a valiosa ajuda das passagens de tempo, os personagens conseguiram ser bem desenvolvidos e de forma dinâmica, dentro do pouco espaço de tempo que tinham para tal. Além de criarem uma conexão entre as histórias que funciona para o encaminhamento de um ótimo ato final para o filme. Quem é fã de um bom drama familiar, não vai conseguir desprender a atenção das várias situações conflituosas criadas pelo roteiro, um trabalho que realmente merece ser destacado na produção.

Augusto Pereira, no papel de Quirino, teve a chance de se reinventar como ator. Conhecido por muitas contribuições na comédia nacional, aqui Augusto traz uma performance tão convincente como chefe da milícia, que é capaz de fazer com que até mesmo o público (que deduz saber toda a verdade sobre o caso) se questione sobre a veracidade dos acontecimentos, depois de tanta manipulação. O filme também possui uma ótima escalação de nomes como: Tainá Medicina como Bruna, Eli Ferreira no papel de Jéssica e Willean Reis como Beto.

O longa aposta numa expansão da discussão sobre a criminalidade e oferece ao tema uma visão mais humana, ao explorar diretamente as consequências da mesma no dia a dia de quem vive nesse perigo constantemente. Uma ótima surpresa para quem acredita que o filme seja só mais um compilado de clichês sobre a favela e estereotipagem do bandido.

Um Dia Qualquer é a prova perfeita para contrariar quem ainda diz que o brasileiro não aprendeu a fazer cinema. É um trabalho excelente de representação precisa do Rio de Janeiro, que não se preocupa em esconder os podres da corrupção policial e a explicitude da violência presente nas ruas. O filme participou de festivais de cinema pelo mundo e agora já se encontra disponível nas salas brasileiras com distribuição da Pipa Filmes e coprodução do canal Space.

Assista ao trailer.


Bruno Barros – 1º período
Editado por Lucas Souza – 7º período

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s