Serviço de Psicologia Aplicada oferece assistência segura e qualificada à comunidade

Atendimentos psicológicos podem ser gratuitos ou com um valor social

O Brasil é líder em índices de ansiedade e depressão na pandemia, segundo o estudo realizado pela faculdade de Ohio (EUA). A crise sanitária ressignificou as relações sociais, o que ocasionou em sentimentos de medo e ansiedade no cotidiano dos brasileiros. O colapso na área da saúde e a nova onda de contágios e mortes por Covid-19 colocam em risco a saúde mental.

Os atendimentos psicológicos gratuitos surgem como um instrumento de apoio e amparo aos pacientes que não têm condições financeiras para pagar pelo serviço. É o caso da universitária Maria Eduarda Alves, 19 anos, que já foi atendida gratuitamente e ressalta como foi importante essa experiência. “Estava numa fase muito difícil e recebi ajuda, sabe se lá como eu estaria se não passasse por esse atendimento, foi muito bom e útil ter esse apoio e ainda mais de forma gratuita, me ensinou muitas táticas para lidar com a ansiedade e depressão”, disse a estudante.

Ouça o depoimento da estudante sobre a importância desse atendimento no áudio abaixo:

Na Universidade Veiga de Almeida, o Serviço de Psicologia Aplicada (SPA) oferece acompanhamento gratuito através dos estagiários, que são supervisionados por professores especialistas. Para a coordenadora do SPA, professora Clarice Medeiros a “clínica escola” proporciona um serviço essencial e importante. “Como sabemos que o SUS é sobrecarregado, o SPA surge como uma alternativa acessível e de qualidade em atendimento psicológico para a comunidade”, relatou Clarice.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) já tinha alertado sobre o aumento de transtornos psiquiátricos em 2020. O distanciamento social, a quarentena, o aumento do número de mortos e infectados potencializaram a questão da saúde mental. Para transformar a qualidade de vida psíquica de um indivíduo, a terapia é um recurso encontrado para ser um canal de conversas, um meio para dividir as dores, receios e ser ouvido. “Cada paciente é convidado a contar a sua história, do seu jeito, e isso é transformador… ter um lugar onde cada um pode vir a se contar, é uma experiência única, produtora de mudanças”, destacou Clarice sobre a ação transformadora da SPA.

Clique no vídeo e veja o depoimento da professora Clarice Medeiros sobre os impactos da pandemia na saúde mental.

A consulta no SPA da Universidade Veiga de Almeida deve ser agendada com antecedência e está disponível em todos os campi (Barra, Cabo Frio e Tijuca). O valor pode chegar a ser gratuito ou variar entre dois e 30 reais.

Mais informações:

· Campus Barra: de segunda a sexta, das 8h às 17h

Telefone: (21) 2574 – 8888

Endereço: Gal. Felicíssimo Cardoso, 500

· Campus Cabo Frio: de segunda a sexta, das 8h às 21h

Telefone: (22) 2640 – 1637

Endereço: Estrada Perynas, s/n

· Campus Tijuca: de segunda a sexta, das 8h às 21h

Telefone: (21) 2574 – 8898

Endereço: Rua Ibituruna, 108 casa 4

Pedro Amorim - 4° período
Pedro Araújo - 3° período

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s