Carona solidária: uma ação transformadora

Morador do Complexo da Coruja oferece carona para idosos da comunidade em São Gonçalo irem se vacinar. 

A letra da música “Apesar de você”, do poeta Chico Buarque, enfatiza a expectativa em dias melhores. Esse sentimento de esperança encontrou uma parcela da população do estado do Rio de Janeiro em fevereiro de 2021. O secretário municipal de Saúde do Rio, Daniel Soranz, anunciou o início da 1ª fase de imunização em idosos acima de 95 anos. Desde então, o cronograma de vacinação tem seguido e idosos de diferentes idades já estão sendo vacinados. Diante da alegria, surgiu uma preocupação, a falta de mobilidade para chegar até os postos de saúde.  

Douglas Pinheiro sente a necessidade em ajudar os idosos do Complexo da Coruja. Reprodução: Instagram  

O aposentado Mauro Mendonça, de 67 anos, morador do Complexo da Coruja, viu-se incapacitado em se deslocar até um posto de saúde, uma vez que, mais uma despesa com transporte não caberia no orçamento familiar. A solução veio através de uma “carona do bem”. Douglas Pinheiro, fundador do projeto Primeira Chance, organiza ao lado de dois voluntários carona solidária à idosos do Complexo da Coruja, em São Gonçalo. A ação comunitária surgiu quando Douglas identificou os impasses de locomoção dos idosos da comunidade. 

“Eu pensei na maioria dos idosos que não têm ninguém pra ajudar, que dirá alguém com um carro, principalmente nas áreas mais pobres. Foi aí que entramos em ação! Simplesmente fiz a placa, divulguei e consegui os voluntários”, informou.  

O líder comunitário sentiu-se no dever de transformar um pouco a vida desses moradores. Em um mês, a ação solidária já contribuiu com a imunização de mais de 30 idosos e a demanda vem aumentado. No decorrer desta semana, cerca de 10 pessoas desse grupo etário já estão marcados. Douglas conta que tem a expectativa de que esses números se multipliquem e consiga retornar com esses idosos para a segunda dose. 

Além da carona ser inteiramente gratuita, o conforto e a segurança são duas características predominantes desta ação, dado que, os transportes públicos são um dos maiores meios de contágio e evitar aglomeração é um dos indispensáveis métodos preventivos. Antes de iniciar a viagem, as medidas de biossegurança são postas em prática e Douglas higieniza todo o carro.  

Assista ao vídeo de Douglas Pinheiro higienizando o carro antes de levar os idosos.  

Segundo Ana Cristina Nogueira, filha de Mauro Mendonça, um dos primeiros idosos a serem contemplados com a carona, a ação social impactou diretamente na vida dos dois. “Essa carona ajudou bastante! Se eu precisasse pagar, teria que tirar de um dinheiro para comprar uma fruta, algum alimento, ou uma medicação, por exemplo”, contou.  

Como já cantava Chico Buarque “amanhã há de ser outro dia, você vai ter que ver a manhã renascer e esbanjar poesia”. Ações como essas dão esperança diante de um momento tão conturbado, e faz crer que dias melhores virão. De certa forma, a solidariedade de Douglas e dos voluntários têm conseguido alcançar uma mínima parcela da sociedade, e permite que a esperança encontre aqueles menos favorecidos. Hoje, os moradores do Complexo da Coruja sorriem com mais uma vida sendo salva.  

Ana Beatriz Rangel -3° período 
Virgínia Carvalho -3° período 

 

Um comentário

  1. Que matéria incrível! Realmente traz a esperança que dias melhores virão e que em meio a tanta notícia ruim ainda existem as boas.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s