Projeto de reabilitação pulmonar devolve a esperança aos que ainda apresentam dificuldades para respirar após a Covid-19

O laboratório universitário com consulta gratuita e por videoconferência já atendeu cerca de 500 pessoas

Sete em cada dez pacientes hospitalizados devido ao novo coronavírus não se recuperam totalmente, mesmo cinco meses depois de receberem alta. É o que aponta o estudo realizado pela National Institute for Health Research, da universidade britânica Leicester. Uma das sequelas apresentadas é a falta de ar, levando ao cansaço repentino. Para ajudar essas pessoas, o Laboratório de Pesquisa em Reabilitação Pulmonar da UVA (LAPERP-UVA) criou um projeto focado no tratamento respiratório pós-covid.

O LAPERP surgiu há cinco anos e foi idealizado por Yves de Souza, atual líder do laboratório e coordenador do curso de Fisioterapia, campus Barra, da Universidade Veiga de Almeida. “O objetivo era mostrar aos alunos que é possível, ainda na graduação, gerar estudos científicos que podem impactar positivamente a vida das pessoas”, explica.

O coordenador destaca que, com a pandemia do coronavírus, se fez necessário um projeto focado em verificar se os pacientes que contraíram a COVID-19, numa forma menos grave, ainda se queixavam de fadiga e fraqueza mesmo após a fase aguda da doença. O LAPERP, então, começou a oferecer, em abril de 2020, o tratamento de reabilitação pulmonar gratuita e online, para tentar ajudar na recuperação dessas pessoas.

Carolina dos Santos Borges foi uma das primeiras pacientes do projeto pós-covid. Ela conta que percebeu os resultados dos exercícios respiratórios e aeróbicos progredirem a cada semana. “Na época, eu não tinha condições de fazer uma fisioterapia presencial, além do forte preconceito com quem tinha sido contaminado”, desabafa. Com mais de 14 familiares infectados, a pedagoga, de 40 anos, viu no LAPERP uma saída para a complicada situação financeira provocada pela pandemia.

Ouça o áudio abaixo sobre a experiência da paciente Carolina dos Santos Borges com o projeto:

Em um ano de existência, o tratamento de reabilitação pulmonar impactou a vida de cerca de 500 pessoas, com o apoio de Rayana Nascimento e outros 200 alunos voluntários do curso Fisioterapia na UVA. Rayana participou do projeto durante cinco meses e relata ter sido uma experiência única e gratificante. “Sinto que fizemos parte da história”, comenta.

“Muitos pacientes tinham dificuldade para varrer a casa ou subir escadas, algo que para nós parece simples. E poder ver, no final do tratamento, eles agradecendo, mandando mensagem, não tem preço. Nem todo o dinheiro do mundo conseguiria pagar o reconhecimento de ter ajudado essas pessoas”

Rayana Nascimento
Rayana Nascimento afirma que trabalhar no projeto transformou o seu olhar sobre a profissão (Arquivo Pessoal)

Ouça o áudio da Rayna Nascimento sobre o significado acadêmico e profissional em participar do LAPERP:

O trabalho transformador do Laboratório de Pesquisa em Reabilitação Pulmonar da UVA permanece ativo. Pessoas que necessitam do auxílio respiratório devem entrar em contato com o e-mail comunicacaoinstitucional@uva.br . Elas passarão por uma triagem e serão encaminhadas aos profissionais especialistas.

Ana Fernandes – 7º período

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s