O Jornalista Erick Rianelli da TV Globo palestrou no Esquenta SECOM

O evento possibilitou debates sobre os desafios do jornalismo em um momento de pandemia

Foto: Divulgação SECOM UVA Barra

Ouça o áudio da matéria sobre o Esquenta SECOM

A Semana de Comunicação do campus Barra acontece nos dias 28 e 29 de maio, mas as atividades de pré-evento já começaram. O Esquenta SECOM teve a participação do jornalista Erick Rianelli, repórter do Grupo Globo no Rio de janeiro, com mediação do professor Eduardo Bianchi e durou cerca de duas horas com assuntos que passaram dos desafios de fazer matérias de rua durante a quarentena ao início da carreira.

O bate-papo foi marcado pela história de vida profissional de Erick Rianelli e uma forma de aproximar academia e mercado. Os futuros jornalista e publicitários do campus Barra conheceram, através dessa trajetória, a importância, de ainda na faculdade, passar por diferentes áreas da comunicação. A experiência acumulada aguçou os sentidos do jornalista. “Foi uma oportunidade muito boa de praticar o olhar, a sensibilidade, de ir num lugar pra fazer uma matéria e pensar no cheiro que aquele lugar tem, como são as cores daquela parede. Coisas que no dia a dia, trabalhando em redação, você nem sempre tem esse tempo, mas se você treinar esse olhar, com o tempo você consegue captar essas coisas muito rapidamente”.

As mudanças no modo de fazer reportagens foram pauta de perguntas dos alunos e professores que participaram do evento. Beatriz Barbosa é aluna de do quinto período de jornalismo e acredita que palestras com profissionais da área possibilita o conhecimento dos bastidores. “Trazer essa experiência da redação nesse momento é muito importante e a maneira como as reportagens de rua mudaram. Saber como isso tá sendo feito na prática é muito importante. O Erick tem muito pra contar e a gente tem muito o que aprender”.

A palestra, que estava prevista para durar 1 hora, dobrou o tempo, sem perder a audiência. Do início ao fim, alunos e professores acompanharam virtualmente as falas do jornalista. O formato online é novidade e acontece principalmente por conta das recomendações da OMS de distanciamento social. Para Eduardo Bianchi, professor e mediador do debate, a mudança de formato foi positiva. “A palestra de hoje foi uma primeira tentativa e deu super certo. Eu acho que a SECOM tem tudo pra dar certo”

Rafaela Barbosa -7° Período | Jornalismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s