Aulas gratuitas agitam a Expo Cake Brasil 2019

Evento proporcionou momento de aprendizado para os visitantes

No último sábado (19), ocorreu o terceiro dia da Expo Cakes Brasil 2019 que mostrou as novas tendências e inovações do mundo da confeitaria por meio de aulas práticas. A feira de bolos contou com espaços para os visitantes aprenderem novas técnicas e possibilidades que podem ajudar os confeiteiros a se destacarem no mercado de trabalho.

Durante a primeira rodada de aulas, o Cake Designer Lucas Piubelli ministrou a palestra “A Confeitaria na Era Digital” e ensinou técnicas de marketing, como utilizar as redes sociais para faturar mais e tendências internacionais de decoração artística de bolo. Ele ressaltou a importância de usar ferramentas como o instagram, facebook e o whastapp para se destacar no mundo da confeitaria. Clique e veja o que o palestrante diz sobre a utilização das redes sociais pelos confeiteiros:

.

O público presente reforçou a importância do tema abordado na aula. Para a confeiteira Leiliane Vieira é muito relevante estar ligado nas novas tecnologias. “Hoje se a gente não estiver antenado nas redes sociais não conseguimos vender, não adianta ter um produto bom e bonito, é preciso saber divulgar”, comentou. A doceira Girlene Silva falou da dificuldade de trabalhar com a internet. “É muito difícil acompanhar as mudanças das redes sociais, o facebook, por exemplo, era o mais falado, agora muitas pessoas estão indo para o instagram, é tudo muito rápido”, afirmou.

Nick Sarmento mostra como criar personagens com massas de modelar – Foto: Lucas Souza

Nos estandes, ao longo da feira, diversas aulas gratuitas e rápidas ocorrem e entretém as pessoas. No espaço da Bricoflex, Daniele Vasconcelos mostrou técnicas de decoração com cores fortes como o vermelho. Em outro espaço, a cake designer, especialista em esculturas e top 20 novos talentos da confeitaria Nick Sarmento ensinou o público como fazer personagens divertidos com massas de modelagem. Segundo ela é muito desafiador e gratificante trabalhar nessa área da confeitaria. “A gente trabalha com o sonho das pessoas, como eu sempre trabalhei com desenho, com arte, eu me identifiquei muito fácil com essa parte específica da confeitaria, eu consigo fazer a minha arte e vender de uma forma muito mais acessível ” disse.

Lucas Souza – 2º Período – Jornalismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s