Uma viagem pelas “Cores e Amores de Almodóvar”

Curso pretende analisar as obras de um dos diretores mais aclamados da atualidade

O Cinema Estação NET Botafogo recebeu, no último sábado (7), a abertura do curso “Cores e Amores de Almodóvar”. Idealizado pelo professor e crítico de cinema Marcelo Janot, as aulas pretendem investigar a fundo os filmes, os personagens, e as diferentes fases da carreira do diretor e roteirista espanhol Pedro Almodóvar.

Durante a aula de estreia, Janot fez um apanhado da biografia e dos trabalhos do cineasta apresentando os primeiros filmes feitos pelo espanhol, as mensagens políticas elaboradas nas obras e os personagens peculiares que marcaram a carreira de Almodóvar. Todos esses aspectos foram mostrados por uma perspectiva crítica e atual.

Professor e Crítico Marcelo Janot – Foto: Lucas Souza

Segundo Marcelo Janot, a ideia para montar o curso já era antiga, pois ele é um grande admirador do diretor. Aproveitando que em 2019 o cineasta completa 70 anos de vida, o crítico resolveu jogar uma luz no legado das obras. “Eu acho que não existe melhor forma de celebrar a obra de alguém do que estudando e transmitindo esse conhecimento para outras pessoas”, disse.

Ele ainda destacou, que o estudo possibilita ver como a cultura tem um papel importante em ser um grito de liberdade contra qualquer tipo de controle cultural, algo que é típico das grandes ditaduras. “O que a gente vê no nosso país, hoje, embora não estamos vivendo uma ditadura, é uma tentativa de se criar uma censura e de se controlar um ambiente cultural”, afirma Janot.

O público presente revelou a relação com a obra do diretor. Para o advogado André Lima, as tramas dos filmes do cineasta são muito interessantes. “As temáticas subversivas que trazem um certo incômodo para os espectadores e que vão contra um certo conservadorismo são superbacanas”, declarou. Já o funcionário público Daniel da Silva Pinheiro, destaca uma relação antiga com os filmes. “Desde muito novo eu aprendi a gostar do cinema europeu e o Almodóvar é um dos principais diretores vivos da atualidade”, comentou.

Lucas Souza – 2º Período | Jornalismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s