AGÊNCIA UVA BARRA ASSISTIU: “Shazam!”


Foto: Divulgação

Muitas crianças têm o sonho de se tornar um super-herói e, nas telas do cinema, isso virou realidade. O filme dirigido por David F. Sandberg conta a história de Billy Batson (Asher Angel), o jovem de coração puro escolhido pelo Mago ancestral (Djimou Hounsou) que passa seus poderes ao menino. Salomão, Hércules, Atlas, Zeus, Aquiles e Mercúrio compõem a palavra que, como num passe de mágica, transforma o adolescente em um herói adulto, SHAZAM!

Nos primeiros minutos, as características sombrias da DC são destacadas para narrar a origem do vilão Thaddeus Sivana (Mark Strong). Mas, após o encontro do Mago com Billy dentro da caverna Pedra da Eternidade, as imagens com tons mais coloridos tomam conta do longa. O efeito slow-motion e os closes bem próximos deixam a fotografia cada vez mais diferente comparado aos filmes anteriores da editora.

A semelhança entre as histórias do protagonista e do antagonista chamam atenção. Elas são contadas a partir do abandono familiar. Thaddeus é desprezado por seu pai quando criança, enquanto Billy se perde de sua mãe em um parque de diversões na infância. Esses traumas foram os primeiros passos para construir a personalidade deles e ajuda o público entender as atitudes dos personagens no desenrolar da trama.

Com um ar cômico, Shazam foge dos dramas obscuros do universo DC. As piadas e trocadilhos estão presentes durante todo o filme, o que torna a história mais descontraída. Um exemplo desse estilo fica evidente na cena em que Billy, junto com seu irmão da casa de acolhimento Freddy Freeman (Jack Dylan Grazer), tentam descobrir todos os seus superpoderes herdados e se divertem, como qualquer adolescente faria.

A família adotiva de Batson se destaca, principalmente, pela ótima atuação da pequena Darla Dudley (Faithe Herman) que conquista com seu carisma e ingenuidade. A relação das crianças evolui e pela primeira vez Billy se sente acolhido de verdade. Unidos, eles enfrentam as dificuldades lançadas no filme que mostra a importância da família, mesmo não sendo tradicional.

A mentalidade de um adolescente em um corpo de adulto personifica o sonho de ser um herói com a essência de uma criança. Shazam, com toda sua graça juvenil, estreou hoje, dia 04. O longa traz algumas surpresas do universo estendido da DC e aposta em proporcionar uma boa dose de risadas ao espectador durante mais de duas horas.

Kaliane Trindade – 5º período | Jornalismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s